Notícias da Bahia - Um giro de notícias por toda a Bahia

O portal a cada hora deixando você bem informado. No Hora de Notícias você fica sintonizado com a informação. Nós buscamos notícias de toda a Bahia e ofertamos a você num só lugar.

Eunápolis: Morre em confronto com a PM suspeito por envolvimento na morte de sargento da corporação

-1146

Foi morto por volta das 19h30 deste sábado (03), em uma operação da Polícia Militar, um dos suspeitos de participação no tiroteio que resultou na morte de um sargento, no início da madrugada, na cidade de Eunápolis. Vilson Sacramento de Oliveira, 23 anos, foi cercado por várias unidades da Polícia Militar, na localidade de Pindorama, distrito de Porto Seguro. Segundo o major Anacleto França, comandante do 8° Batalhão, a polícia já vinha monitorando Vilson, depois que uma câmera de segurança [confira no vídeo acima] registrou o momento em que ele chegou ao terminal rodoviário de Eunápolis para embarcar em um ônibus com destino a Pindorama. "Parecia estar ferido", frisou o major.Os outros dois foragidos, Bruno Conceição de Souza, o Shrek, de 22 anos e Pedro Vinícius dos Santos, conhecido como Bochecha, de 20, continuam sendo procurados. O outro integrante da quadrilha, Carlos André de Jesus Chagas, 33 anos, já havia morrido no confronto que resultou na morte do policial."Os bandidos são oriundos de Pindorama, mas eram vistos com frequência em Barrolândia, distrito de Belmonte", afirmou o coordenador da Polícia Civil na região, delegado Moisés Damasceno. Para o delegado, a quadrilha veio a Eunápolis atacar membros de uma facção rival, que domina o tráfico naquela região da cidade.

MORTE DO SARGENTO - O sargento Françual Manuel Santos, 48 anos, foi atingido por um tiro debaixo do braço, que transfixou o tórax e atingiu alguns órgãos. Ele morreu pouco tempo depois de dar entrada no Hospital Regional de Eunápolis. O confronto teve início no momento em que uma guarnição da Polícia Militar, composta por três policiais, abordou um veículo suspeito na Avenida Luís Eduardo Magalhães, próximo ao acesso à Rua Lua Nova, no Moisés Reis. Ao descer da viatura, de arma em punho, para revistar os bandidos, o sargento foi baleado por um deles. Todos os marginais estavam armados. Houve troca de tiros. O motorista do veículo morreu e os três comparsas dele conseguiram fugir. "O Vilson, morto em Pindorama, foi o segundo a sair do veículo", finalizou o major.

Compartilhe!

Contador de Cliques